Dúvidas Frequentes

Sobre o Projeto Maternus

O Projeto Maternus faz parte do SUS?

Não. O Maternus não faz parte do Serviço Único de Saúde (SUS). Fazemos parte de uma organização não governamental que visa organizar projetos que promovam  saúde, estudo, pesquisa, educação e cultura.

Quem pode participar do Projeto Maternus?

Casais que vêm tentando engravidar há um ano ou mais.

Pode-se procurar o Projeto Maternus sem encaminhamento médico?

Sim, desde que agendada uma avaliação inicial com um médico especialista, participante do Projeto.

Além do valor da medicação, é preciso contribuir com mais alguma coisa?

Sim, todos os procedimentos pelo Projeto Maternus tem custos, porem são custos reduzidos (em torno de 50% a 70% do valor de uma clínica particular).

Deve-se levar algum exame na avaliação inicial?

Sim, o casal deve trazer todos os exames que já foram feitos.

É necessária a presença do marido/companheiro na consulta?

Esse tratamento sempre envolve questões dos parceiros, sendo necessários exames e a participação ativa do seu marido/companheiro, portanto é aconselhável que os dois estejam presentes.

Se o casal já tiver filhos, pode entrar no Projeto Maternus?

Sim, desde que o casal esteja há mais de um ano tentando engravidar. Se os outros filhos estiverem em idade escolar é necessária comprovação de matrícula deles em escola.


Sobre os Tratamentos

Quantos embriões podem ser transferidos numa fertilização in vitro?

O número de embriões a serem transferidos deve ser discutido caso a caso, mas em linhas gerais, para mulheres com até 35 anos de idade está indicada a transferência de no máximo dois embriões. Mulheres entre 36 e 40 anos podem receber no máximo 3 embriões e mulheres com mais de 40 anos podem receber até 4 embriões.

O que é feito dos embriões excedentes?

Se o casal desejar o excedente de embriões de boa qualidade pode ser congelado para uma transferência posterior.

As técnicas atuais – inseminação ou fertilização- são capazes de garantir a gravidez?

Nenhuma técnica, sob nenhuma hipótese, garante em 100% a gestação.

Qual a chance de ter gravidez de gêmeos?

A gemelaridade não é um objetivo dos tratamentos de reprodução assistida, pois sempre é uma gestação com maior risco de complicações como trabalho de parto prematuro, baixo peso ao nascer, etc. Entretanto sempre que transferimos mais de um embrião temos uma chance de mais de um bebê. Isso pode ser totalmente evitado se decidirmos transferir apenas um embrião. Isso deve ser discutido entre o casal e o médico assistente.

O bebê de fertilização in vitro é perfeito? Está livre de qualquer risco de má formação?

A gestação oriunda de uma fertilização in vitro clássica ou de uma inseminação artificial tem os mesmos riscos de uma gestação espontânea, assim como os riscos de doenças e más formações no bebê. Crianças nascidas de Fertilização in vitro com Injeção Intracitoplasmática de espermatozóide (ICSI) têm em torno de 1% de chance má formação.

Qual é a minha chance de engravidar?

A chance de gravidez de um casal depende de diversos fatores. Os mais importantes são: o tempo que o casal está tentado engravidar, a causa da infertilidade e, o mais importante de todos, a idade da mulher. Considerando-se apenas a idade da mulher colocamos abaixo as chances globais de gravidez.

Faixa Etária Chance de Gravidez
Abaixo de 30 anos 40-50%
31-35 anos 30%
36-40 anos 10-20%
Acima 40 anos menos de 10%


Ainda com Dúvidas?

Preencha e envie o formulário abaixo para que possamos auxiliar. Lembrando sempre que questões financeiras são apresentadas somente na clínica, em consulta presencial.

Quer realizar seu sonho?

Para agilizar seu atendimento, preencha e envie nosso formulário de cadastro com todas as informações solicitadas.

Assim que recebermos sua solicitação, enviaremos uma mensagem de confirmação para o e-mail informado no seu cadastro, por isso é importante preencher corretamente o endereço de e-mail.

Atendemos casais heterossexuais, homoafetivos e pacientes que desejam produção independente.


Você também pode ligar e agendar uma consulta:

(51) 3330 0034(51) 3330 0034 (51) 3328 5780(51) 3328 5780 (51) 981 356 722(51) 981 356 722

Conheça nossa equipe médica

O Projeto Maternus é formado por um grupo de especialistas em reprodução humana que, em parceria com a iniciativa privada e o Instituto Willkok, têm o objetivo de proporcionar acesso a técnicas altamente especializadas para o tratamento da infertilidade.

  • Dra. Rita ChaponGinecologia | Reprodução Humana

    CREMERS 33332 SAIBA MAIS

  • Dra. Tatiane de Souza Ginecologia | Reprodução Humana

    CREMERS 35923 SAIBA MAIS

  • Dra. Vanessa Krebs GenroGinecologia | Reprodução Humana

    CREMERS 28063 SAIBA MAIS

Empresas e entidades que apoiam nossa iniciativa
  • Deseño Programação Visual
  • GIA - Grupo Integrado de Anestesiologia
  • Insemine - Centro de Reprodução Humana
  • Instituto Willkok